14/03/2019 | Litoral Sul FM | Sem Comentários


Notice: Undefined variable: post_thumbnail_id in /home/httpd/htdocs/litor6br/wp-content/themes/radiolitoralsulV2/single.php on line 26

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, deflagrou na manhã desta quinta-feira (14) a Operação Cricket. O objetivo é investigar a venda de loteamentos ilegais e ameaças às vítimas.

Ao todo, são cumpridos quatro mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão em Curitiba (três mandados), Almirante Tamandaré (dois), Ponta Grossa (um) e Guaratuba (um). Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Almirante Tamandaré.

As investigações indicaram que o grupo atua desde 2015 com a venda irregular de lotes localizados em áreas de preservação no município de Campo Magro. Pelo menos 70 famílias foram lesadas pelo golpe e ao menos nove processos de rescisão de contrato tramitam na Justiça.

As vítimas, ao perceberem que foram lesadas e reclamarem, ainda eram ameaçadas com armas. De acordo com o MP, os criminosos chegaram a invadir a residência de alguns compradores.

Colaboração MPPR

Marcos Rogério/Litoral Notícias