08/10/2019 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Nesta última sexta-feira, 04, a Vara da Infância e Juventude decidiu por suspender as eleições do Conselho Tutelar previstas para o domingo (06.10) diante de pedido do Ministério Público através da 5ª Promotoria de Justiça.

Alega o Ministério Público que no dia 02 de outubro recebeu informações de que houve equívocos quanto à prova a ser aplicada aos candidatos do Conselho Tutelar tendo a Subseção da OAB Paranaguá noticiado tais fatos.

Cumpre salientar que a Comissão Eleitoral do processo eleitoral do Conselho Tutelar não é um órgão da prefeitura, não tendo o Município de Paranaguá qualquer relação com os fatos narrados pelo Ministério Público nem qualquer ingerência na eleição.

Referida comissão é vinculada ao Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e possui total autonomia de escolha e decisão, conforme dispõe a Lei Municipal nº 3176/2011.

 

SECOM

Marcos Rogério/Litoral Notícias