12/06/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Começou a operar nesta segunda-feira, em Paranaguá, o terminal de líquidos mais automatizado do Brasil.

O novo terminal da CBL levou 2 anos para ficar pronto, e tem capacidade para armazenar cerca de 94 mil metros cúbicos de carga, divididos em 18 tanques.

Já a nova capacidade de movimentação mensal será de 200 milhões de litros, um aumento de 20%.

O investimento em tecnologia busca aumentar a segurança e confiabilidade nos processos de carga e descarga.

O primeiro navio, vindo da Bélgica, está atracado no píer público de inflamáveis do Porto de Paranaguá, onde descarrega 30 mil metros cúbicos de derivados de petróleo.

O diretor-presidente da Appa, Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Lourenço Fregonese, afirmou que Paranaguá ocupa hoje o segundo lugar nacional em movimentação de líquidos, com crescimento de mais de 80% nesta área nos últimos 5 anos.

O terminal utiliza o píer público de inflamáveis de Paranaguá, em dois berços de atracação, e está licenciado para o recebimento de óleo diesel, biodiesel, etanol, metanol, gasolina, nafta, entre outros.

Paranaguá tem se tornado um destino cada vez mais frequente para a entrada de derivados líquidos no Brasil.

Entre os anos de 2011 e 2017 a movimentação de líquidos pelo Porto paranaense cresceu 81%, chegando ao total de 7 milhões 700 mil toneladas no ano passado.

 

Agência de Notícias do Paraná

Marcos Rogério/Litoral Notícias