23/01/2021 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), liberou nesta sexta-feira 4,8 milhões de doses da Coronavac para uso emergencial. O primeiro lote, aprovado pela agência no último domingo 17, que possibilitou o início da vacinação no Brasil, foram produzidas na China pela farmacêutica parceira do Instituto Butantan, a Sinovac, disponibilizada em frascos de dose única. Já o novo lote, foi fabricado no Brasil a partir do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) disponibilizado pelos chineses ao instituto e vai ser disponibilizado em frascos de 10 doses.

A agência fez considerações técnicas sobre acondicionamento, prazo de validade e o envase nacional, e considerou que a vacina produzida aqui tem as mesmas condições de aplicação da vacina produzida no exterior e que mantém critérios de qualidade, segurança e eficácia, boas práticas de fabricação e plano de gerenciamento de riscos.

AERP

#Jornalismo

#Litoral Sul FM