19/09/2019 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



O Athletico Paranaense venceu o Internacional e conquistou o título de campeão da Copa do Brasil 2019. O jogo terminou em 2 a 1 para o Furacão e foi realizado na noite de quarta-feira (18), no Estádio Beira-Rio, no Rio Grande do Sul. O título é inédito para o Furacão.

O Furacão abriu o placar com Cittadini, mas ainda na primeira etapa Nico López empatou. No segundo tempo, o time soube segurar a pressão e selou o título nos acréscimos, com gol de Rony após jogada antológica de Marcelo.

O jogo

A primeira finalização do Furacão aconteceu aos 20 minutos, com Léo Cittadini, de fora da área. Lomba defendeu com tranquilidade.

Se não deu certo no chute de fora da área, Cittadini invadiu como um centro-avante para balançar as redes, três minutos depois. O contra-ataque foi muito bem trabalhado, Rony evitou a saída e partiu em velocidade, lançando Marco Ruben na área. O camisa 9 tocou para o meio, Léo Cittadini dominou de perna esquerda e bateu de direita para abrir o placar no Beira-Rio

Aos 30 minutos, o Internacional chegou ao empate. Depois de uma confusão dentro da área, a bola sobrou para Nico López, que marcou: 1 a 1.

Começa o segundo tempo. A primeira grande chance do Furacão na segunda etapa foi com Marcelo. Rony cruzou da esquerda e o camisa 10 tocou de cabeça. A bola passou raspando a trave esquerda de Lomba.

Nos acréscimos, Rony fez boa jogada, deixou a marcação para trás e tentou o toque para Marcelo, livre na área. A defesa afastou. Se Rony não conseguiu a assistência para Cirino, coube ao camisa 10 dar a assistência para o gol da vitória.

Marcelo fez uma jogada na linha de fundo. Ele deu uma caneta de letra em Edenilson, mais um corte no defensor e cruzou para o camisa 7. Rony só empurrou para o fundo das redes e selou a definição do título.

 

Colaboração Assessoria Athletico Paranaense

Marcos Rogério/Litoral Notícias