07/05/2020 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



As aulas presenciais das escolas estaduais e particulares do Paraná não devem retornar antes do mês de julho, garantiu o secretário de Estado da Educação e do Esporte, Renato Feder. Segundo ele, a determinação sobre o retorno deve estar em consonância com a Secretaria de Saúde, que monitora o enfrentamento do novo coronavírus no Estado – responsável pelo fechamento das escolas.

“A Secretaria de Educação vai sempre escutar a de Saúde, que é a responsável por saber como está a situação do vírus no Paraná. A orientação é que as escolas não podem abrir e muito provavelmente ainda não abrirão em maio, nem junho e julho. Somos da opinião de que a quarentena poderá acabar em julho ou agosto”, declarou o secretário, na manhã desta quinta-feira (7) durante no programa Em Pauta, da Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp), em cadeia com 23 emissoras do Estado, em diferentes regiões.

“A Secretaria de Educação vai sempre escutar a de Saúde, que é a responsável por saber como está a situação do vírus no Paraná. A orientação é que as escolas não podem abrir e muito provavelmente ainda não abrirão em maio, nem junho e julho. Somos da opinião de que a quarentena poderá acabar em julho ou agosto”, declarou o secretário, na manhã desta quinta-feira (7) durante no programa Em Pauta, da Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp), em cadeia com 23 emissoras do Estado, em diferentes regiões.

“A Secretaria de Educação vai sempre escutar a de Saúde, que é a responsável por saber como está a situação do vírus no Paraná. A orientação é que as escolas não podem abrir e muito provavelmente ainda não abrirão em maio, nem junho e julho. Somos da opinião de que a quarentena poderá acabar em julho ou agosto”, declarou o secretário, na manhã desta quinta-feira (7) durante no programa Em Pauta, da Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp), em cadeia com 23 emissoras do Estado, em diferentes regiões.

 

Fonte: Portal Banda B

Foto: Divulgação