20/12/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



A secretaria municipal de Assistência Social (SEMAS) é a responsável pelo convênio do programa Bolsa Família, do Governo Federal. Atualmente Paranaguá possui 4.485 famílias cadastradas, sendo que deste total, 539 beneficiários não realizam saques.

No decorrer do ano são feitas diversas ações pelo departamento do Bolsa Família para a regularização, cadastramento e recadastramento. A coordenadora do programa, Izaura Santana, explica cada caso tem uma situação diferente. “Buscamos atender a toda a cidade para que as famílias que precisam e utilizam o Bolsa Família não percam o benefício. Todos os CRAS e os postos de saúde possuem a relação das pessoas que têm algum problema no cadastro. Solicitamos que nos procurem para podermos resolver os mais diferentes casos”, comenta.

As 539 famílias que estão sem retirar o benefício podem vir a ter sua inclusão no programa bloqueada, cancelada ou até mesmo excluída. Para regularizar a situação os cadastrados devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) no Nilson Neves, Vila Garcia, Serraria do Rocha e Porto dos Padres, além do Centro de Atendimento Integrado de Assistência Social da Ilha dos Valadares ou no escritório da gestão do programa do Bolsa Família, localizado no terminal de transporte coletivo.

O Bolsa Família em Paranaguá gera um incremento na renda local com aproximadamente 688 mil reais. Outro programa que auxilia as famílias parnanguaras é o “Família Paranaense”, do Governo Estadual, com 501 cadastrados.

Mais informações sobre o programa Bolsa Família podem ser obtidas através do telefone 3420-2901.

 

 

Jornalista: Leonardo Albini

Marcos Rogério/Litoral Notícias