01/10/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Desde que a cobrança do esgoto na Ilha dos Valadares foi suspensa, a diretoria da Agência Reguladora Cagepar vem mantendo esta decisão até que todos os serviços prestados pela concessionária Paranaguá Saneamento estejam completamente feitas.

A equipe da Cagepar continua fazendo trabalho de campo e já verificou que muitos setores ainda não apresentam as ligações completamente feitas, motivo pelo qual a cobrança não pode ser feita. As informações são do diretor da Cagepar, Paulo Guedes.

Em novembro de 2017, a Cagepar já havia conseguido na Justiça que a taxa de esgoto não fosse cobrada dos moradores de Paranaguá onde não houvesse a rede separadora absoluta e deve ajuizar nova ação visando penalizar a empresa por cobranças indevidas.

A orientação aos moradores da Ilha dos Valadares, em caso de cobrança de esgoto é procurar a Ouvidoria da Cagepar que fica na rua Dr. Leocádio, 307, no Centro Histórico.

A Cagepar também lançou neste ano o aplicativo para celular com o sistema Android. Depois de baixar o aplicativo, completar os dados pessoas, os cidadãos podem registrar uma reclamação ou consultar o status da mesma. Problema com fornecimento de água, obstrução de esgoto, vazamento, faturamento e consumo são algumas das opções de reclamação que o usuário pode fazer, além da cobrança de taxa de esgoto no caso dos moradores da Ilha dos Valadares.

Além da Ouvidoria e do aplicativo, a Cagepar também tem o site que pode ser utilizado para buscar informações e registrar reclamações. O site da Cagepar pode ser acessado pelo endereço www.cageparpgua.com.br.

SECOM

Marcos Rogério/Litoral Notícias