21/05/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Uma operação do Ministério do Trabalho aplicou 110 autos de infração em empresas que atuam no Porto de Paranaguá, por irregularidades trabalhistas.

Além dos autos de infração, a Superintendência Regional do Trabalho interditou máquinas e equipamentos, correias de transporte e o corredor de exportação de seis empresas.

A ação é uma continuação de uma operação do MT que aconteceu em março para verificar as condições de saúde e segurança dos trabalhadores que atuam no local.

De acordo com o chefe do Setor de Saúde e Segurança do Trabalho do MT do Paraná, Rubens Patruni Filho, nesta nova ação os auditores fiscais estão verificando o cumprimento das recomendações apontadas na operação de março.

Boa parte das infrações registradas pelos auditores do MT são reincidências de irregularidades identificadas em março e que não foram corrigidas pelas empresas.

O Corredor de Exportação no Porto de Paranaguá permaneceu interditado por 24 horas para que as empresas sanassem as irregularidades e foi liberado após verificação das correções pelos fiscais do Ministério do Trabalho nesta semana.

 

Fonte: CBN

Marcos Rogério/Litoral Notícias