11/06/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



A governadora Cida Borghetti falou na semana passada sobre a importância da descentralização do serviço oferecido pelo Hospital Erasto Gaertner no Paraná, com a instalação de uma unidade avançada em Paranaguá, facilitando assim o tratamento de pacientes com câncer de todo o litoral.

O discurso foi feito em cerimônia no Palácio Iguaçu, em Curitiba, para uma platéia da área de saúde de todo o Estado.

“Está bastante adiantada a tratativa.

Eu pessoalmente falei com o Hospital Erasto Gaertner, com o prefeito (Marcelo) Roque e com a Secretaria de Saúde.

É um avanço importante para a saúde oncológica da população do litoral”, destacou a governadora Cida Borghetti.

Para a governadora, o fato de os pacientes não terem mais que fazer viagens para conseguir tratamento trará muitos ganhos.

A política do Governo do Estado é fazer com que cada vez mais haja a descentralização do serviço.

Vale lembrar que a unidade de Paranaguá atenderá aos pacientes de outros seis municípios do litoral.

“Isso vai fazer com que essas pessoas que precisam do tratamento oncológico possam ficar perto de sua casa, dos seus familiares.

Eu não tenho dúvida de que isso vai trazer uma qualidade de vida melhor e vai impactar inclusive na saúde mental desses pacientes”, declarou Cida Borghetti.

O prefeito Marcelo Roque ficou contente com a declaração da governadora, que assumiu o cargo há 62 dias, comprometendo-se com o projeto para instalação de uma unidade avançada do Erasto Gaertner em Paranaguá.

A implantação começou a ser discutida com o grupo do então governador Beto Richa.

“Estamos felizes pelo fato de a governadora também ter essa visão sobre a importância do tratamento descentralizado dos pacientes com câncer.

Isso, certamente, vai melhorar a qualidade de vida desses pacientes, que não vão mais precisar viajar para ter tratamento contra o câncer”, declarou o prefeito.

OBRA NO CME AVANÇADA

Após inspeção em alguns prédios da Secretaria Municipal de Saúde e Prevenção (Semsap) a própria direção do hospital Erasto Gaertner definiu o do Centro Municipal de Especialidades (CME) com melhor condições de abrigar a estrutura para atendimento de pacientes com câncer no litoral.

O espaço passa por reforma completa antes mesmo da decisão, já que a intenção da administração atual é transformar o local em nova sede da pasta.

A previsão é que a inauguração aconteça durante as comemorações dos 370 anos de Paranaguá, em 29 de julho de 2018.

O pagamento da obra e a compra de equipamentos ficarão por conta da Prefeitura de Paranaguá.

O custeio,  deve ser de responsabilidade do Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), e a equipe técnica será do Hospital Erasto Gaertner.

No prédio serão oferecidas consultas e aplicação de quimioterapia.

Entretanto, após ampliação do prédio pode haver também realização de cirurgias de baixa e média complexidade.

Operações mais complexas continuarão sendo realizadas em Curitiba, bem como radioterapia.

 

Jornalista: Osvaldo Capetta

Marcos Rogério/Litoral Notícias