28/02/2020 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Nesta quinta-feira, 27, Paranaguá recebeu a visita do governador Carlos Massa Ratinho Júnior e do Ministro da Infraestutura Tarcísio Gomes de Freitas. Na oportunidade, foi assinado o contrato com a empresa Klabin de arrendamento de área no Porto de Paranaguá, para movimentação de celulose. Além disso, foi assinada a ordem de serviço que autoriza o início das obras de reforma e melhorias nos trapiches de Nova Brasília e Encantadas.

“São trapiches extremamente modernos, com segurança”, disse o governador. “Temos um grande pacote de investimentos para a Ilha do Mel, dentro do conceito de turismo sustentável. Queremos buscar mais turistas e atender melhor os moradores”.

O ministro da Infraestrutura disse que o potencial turístico da Ilha do Mel é imenso e que a integração entre o porto e as comunidades litorâneas é um exemplo para o País. “Esses recursos serão indutores do desenvolvimento sustentável e vão potencializar a região. Todos os brasileiros deveriam conhecer esse lugar”, afirmou Tarcísio Gomes de Freitas. Foi a primeira visita de um ministro em exercício do cargo na praia de Encantadas.

O secretário de Cultura e Turismo de Paranaguá, avaliou como positiva a ação do Governo em investir na Ilha do Mel. “Recentes benfeitorias foram entregues pela Prefeitura na localidade, como: a inauguração do transbordo em Encantadas e Nova Brasília; a aquisição de veículos elétricos para a Guarda e até a construção de um Posto de Saúde. Somados a tudo isso, eventos de renome que desembarcam na Ilha, e que agora, contarão com mais conforto”, disse Harrison Camargo.

As estruturas vão receber nova iluminação, rampas acessíveis, lixeiras, coberturas, entre outras benfeitorias para a segurança da comunidade e dos visitantes. Também ganharão novo sistema elétrico de iluminação, sistema de drenagem, novos dispositivos de segurança e sinalização, de acordo com a revisão mais recente das Normas da Autoridade Marítima para Auxílios à Navegação, e dispositivos de acessibilidade (flutuantes) e de auxílio à atividade pesqueira, como estruturas para amarração de embarcações (cabeços). Terão bancos de espera e proteção lateral para segurança.

 

SECOM

Marcos Rogério/Litoral Notícias