01/04/2020 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



O Governo do Estado instituiu, nos últimos seis dias, mais uma série de medidas no combate ao coronavírus no Paraná. Elas se somam a inúmeras já adotadas quando os casos começaram a aparecer. Dentre as novidades, o Governo do Estado ampliou a lista de atividades consideradas essenciais para 40 e reforçou que as demais devem manter as portas fechadas para evitar aglomeração de pessoas. A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho editou resolução estabelecendo critérios e normas para proteção dos trabalhadores nas empresas desses setores. Foi anunciado, ainda, um pacote de ações de um bilhão de reais para estimular a atividade econômica e preservar emprego e renda dos paranaenses. O Estado também suspendeu o início de cobranças de dívidas e estabeleceu um contingenciamento de 321 milhões de reais, além de liberar outros 300 milhões em precatórios. Foi encaminhado à Assembleia Legislativa um projeto de lei que objetiva manter os pagamentos para as empresas que prestam serviços continuados à administração pública, desde que sejam garantidos os vínculos com os trabalhadores. A Secretaria da Fazenda promoveu mudanças para dar apoio ao setor produtivo paranaense, como a retirada da água mineral do regime de Substituição Tributária. Benefícios fiscais também serão prorrogados, e há isenção de ICMS sobre doações, além de mudanças nas empresas do Simples Nacional. No apoio direto às pessoas, foi desenvolvido um novo cadastro de voluntários, disponível no site coronavirus.pr.gov.br. Além disso, o Governo do Estado criou o aplicativo COVID19 Paraná, para acompanhar pessoas com sintomas e ajudar no controle da circulação do novo coronavírus no Estado. O Tecpar, Instituto de Tecnologia do Paraná, iniciou a produção de dois tipos de álcool antisséptico: o etílico 70% e o etílico 80% glicerinado, com capacidade produtiva de 150 litros por dia e potencial de elevação para até 1.000 litros diários. A equipe de profissionais destacados ao combate à Covid-19 será reforçada, graças à confirmação de 268 novas vagas para o quadro de bolsista. Ao todo, são 1.064 profissionais disponibilizados para todas as regionais de saúde e 13 postos de divisa rodoviária. A Secretaria de Estado da Administração e da Previdência adiou, por tempo indeterminado, as provas dos concursos públicos para a Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho e para o Instituto Água e Terra. Para saber as diversas outras medidas, como no suporte a caminhoneiros e comunidades tradicionais, além de ver dicas para esta situação de pandemia acesse coronavirus.pr.gov.br.

 

AEN

Marcos Rogério/Litoral Notícias