29/05/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



A história de Mário Roque em Paranaguá começou no fim da década de 1950, quando ele chegou do seu país de origem, Angola, com o sonho de ser jogador de futebol.

Ele trabalhou alguns anos como vigia portuário e logo se destacou como líder, assumindo a presidência do Sindicato dos Vigias Portuários de Paranaguá.

Em 1992, Roque já era um dos maiores sindicalistas da cidade e, com o apoio dessa classe de trabalhadores, foi eleito vereador em Paranaguá.

Em seu primeiro ano de mandato conquistou a presidência do Legislativo, cargo ocupado hoje pelo filho Marquinhos Roque.

Em 1996 foi eleito prefeito, sendo reeleito em 2000 e novamente eleito para o Executivo do município em 2012.

Ele também foi presidente do nosso querido  Rio Branco.

No dia 9 de junho de 2009, o político assumiu como deputado estadual, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep-PR), no lugar de Fernando Ribas Carli Filho (PSB).

Este último tinha renunciado ao cargo depois de se envolver no acidente de trânsito que deixou dois jovens mortos em Curitiba.

Roque permaneceu na vaga de Ribas Carli até 2011, após ter a vaga questionada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) por infidelidade partidária.

Se hoje estivesse vivo, Mario Manoel Das Dores Roque estaria completando 76 anos.

Fica aqui esta pequena homenagem do nosso departamento de jornalismo a este homem de tamanha grandeza que marcou para sempre a história na política Parnanguara.

 

Marcos Rogério/Litoral Notícias