09/04/2019 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Foi apresentada nesta segunda-feira (8) uma denúncia criminal contra um homem que agrediu a própria companheira com o objetivo de provocar um aborto, em Paranaguá, no litoral. A vítima estava no sétimo mês de gestação.

O crime aconteceu no dia 24 de março. De acordo com o Ministério Público (MP-PR), o denunciado agrediu a mulher com socos e chutes, inclusive na barriga.

A vítima foi socorrida por terceiros e depois encaminhada pelo Samu ao Hospital Regional do Litoral. Ela precisou ser submetida a uma cirurgia cesariana de emergência.

De acordo com a Promotoria de Paranaguá, as lesões corporais causadas pelas agressões provocaram a aceleração do parto. A criança sobreviveu.

O denunciado se encontra preso no Setor de Carceragem Temporária da 1ª Subdivisão de Polícia de Paranaguá. A promotoria tentará levar o acusado para o júri popular.

Colaboração MP-PR

Fonte: www.massanews.com

Elisio Junior – Litoral Notícias