18/12/2020 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



A Justiça autorizou a retomada de dois processos em que o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) é réu na Operação Quadro Negro, que investiga desvios de mais de R$ 20 milhões em obras de escolas públicas. O juiz substituto Leandro Leite Carvalho Campos, da 9ª Vara Criminal de Curitiba, marcou as primeiras audiências nos processos para 9 de fevereiro de 2021, quando começam a ser ouvidas as testemunhas. Nessas ações, o ex-governador é acusado dos crimes de organização criminosa, obstrução de investigação de organização criminosa, corrupção passiva e prorrogação indevida de contrato de licitação. O ex-governador chegou a ficar preso por 17 dias no ano passado. Ele é acusado pelo Ministério Público do Paraná de ser o chefe da organização criminosa que desviou dinheiro de obras de escolas. O trâmite das ações estava suspenso para análise de competência. A defesa dos acusados defende que os processos sejam julgados na Justiça Eleitoral.

 

AERP

Rádio Litoral Sul FM/Litoral Notícias