10/01/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Uma mulher que se feriu enquanto fazia uma trilha no Pico Paraná foi resgatada, na noite de segunda-feira (8), por integrantes do Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST) do Corpo de Bombeiros com apoio de outros órgãos.

A operação durou mais de 38 horas e todo o trajeto foi via terrestre.

Conforme informações do comandante do GOST, tenente Luiz Henrique, cinco pessoas, sendo três homens e duas mulheres, faziam uma trilha no Pico Paraná.

No sábado (6), uma das integrantes do grupo, de 30 anos, sofreu uma lesão no joelho, porém continuou o trajeto.

“Após pernoitar no local, já no domingo, 7, ao tentar continuar o caminho ela não conseguia andar de tanta dor”,

Por volta das 7 horas, foi acionado socorro e uma equipe do Corpo de Bombeiros seguiu até o ponto onde a mulher estava.

“Às 13 horas os militares estaduais localizaram a vítima e iniciaram a descida, a qual foi feita de maca, pois devido ao mau tempo não foi possível o apoio de uma aeronave do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) que nos auxilia neste tipo de situação”, conta o tenente Luiz Henrique.

“As condições climáticas mudaram totalmente de sábado para domingo, teve a entrada de uma frente fria, o dia ficou bem fechado e não foi possível fazer a retirada da mulher com uma aeronave.

Em virtude disso o resgate teve que ser realizado via terrestre, mas tudo foi tranquilo. A situação estava sob controle, a lesão não era tão grave”, destaca o oficial do Corpo de Bombeiros.

Segundo o comandante do GOST, foram mais de 38 horas de operação até a descida do Pico Paraná.

“Contamos com o apoio de 28 bombeiros militares, além de integrantes do Corpo de Socorro em Montanha (Cosmo), do Grupo de Resgate em Montanha (GRM, de Joinville), do Grupo de Montanhismo e de um militar da Força Aérea.

Com o auxílio de todos, por volta das 23 horas de segunda-feira (08/01), encerramos a ação”, ressalta.

O Pico Paraná fica localizado entre os municípios de Antonina e Campina Grande do Sul e é o ponto mais alto do Sul do Brasil: 1.877,39 metros acima do nível do mar.

A trilha não é recomendada para iniciantes.

 

Fonte: Agora Litoral

Marcos Rogério/Litoral Noticias

Foto: GOST