08/12/2017 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Marcos Rogério/Litoral Noticias

 

A Prefeitura de Paranaguá continua tomando as medidas necessárias para proteger a população e evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Todas as quintas e sextas-feiras de dezembro o mutirão de combate ao inseto, envolvendo cerca de 300 pessoas, passará em todas as regiões da cidade para conscientizar a população e também promover retirada de criadouros e aplicação de inseticida com bomba costal.

Outra novidade é a realização de cinco ciclos de fumacê, a partir da próxima segunda-feira (11).

Técnicos da Secretaria de Estado da Saúde chegarão à cidade no domingo, com 7 caminhonetes.

No dia seguinte, pela manhã, eles e outros profissionais envolvidos farão exame de sangue para avaliar se está havendo intoxicação pelo inseticida, e no período da tarde iniciam o primeiro ciclo.

sexta-feira o mutirão de combate à dengue passará pelas regiões dos bairros Porto Seguro, Vila Garcia e Ouro Fino.

Serão 16 equipes percorrendo 111 quadras que serão fiscalizadas pelas equipes da Guarda Marítima Ambiental, por técnicos das secretarias municipais de Meio Ambiente e Urbanismo e da Vigilância Sanitária.

Os cinco ciclos de aplicação de inseticida pelos carros de fumacê vão beneficiar todas as regiões de Paranaguá.

Os veículos terão cinco dias para percorrer todos os bairros da cidade, período em que o mosquito sofre a transformação de ovo para larva, pulpa e finalmente chega à fase alada (começa a voar e também a picar os seres humanos e podendo transmitir doenças)…..

O prefeito volta a destacar a importância do apoio da população neste combate ao Aedes Aegypti.

Lembrou que nas últimas semanas endureceu as medidas, com autuação de moradores que tivessem criadouros em seus imóveis.

“Tivemos que mexer no bolso para que as pessoas possam se conscientizar mais.

É uma medida impopular, que não gostamos de aplicar, mas não temos outra saída”, justificou Marcelo Roque.

O secretário municipal de Saúde e Prevenção, Paulo Henrique de Oliveira, destacou o empenho do prefeito Marcelo Roque em continuar tomando as ações de proteção da população parnanguara em relação ao Aedes Aegypti.

“Antes mesmo de assumirmos, no período de transição, estamos fazendo tudo para que nossa cidade não volte a ser atingida por uma nova epidemia de dengue.

Desta vez novamente o prefeito Marcelo Roque solicitou ao Governo do Estado novos ciclos de fumacê, medida radical, que elimina o mosquito na forma alada”, explica o secretário.

 

Fonte: SECOM