03/01/2020 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Mesmo depois das festas de Ano Novo, as águas das praias do Paraná continuam próprias para banho, tanto no Litoral, quanto no Interior do estado. O único local que foi interditado para os veranistas foi a Ponta da Pita, em Antonina.

Nas águas doce nas costas Oeste e Norte, todos os locais monitorados tem qualidade para banho. “Vistas de cima, as praias podem aparentar água mais escurecida, mas isso se deve apenas à areia mais escura que o Estado possui”, explica a diretora de Monitoramento Ambiental e Controle da Poluição do IAP, Ivonete Coelho da Silva Chaves.

A fiscalização é feita por técnicos do IAP, que monitoram a qualidade das águas no período de maior fluxo de veranistas para avaliar a concentração de bactérias Eschirichia coli (E.coli) na água. Quanto maior a quantidade dela na água, maior a possibilidade de existir agentes patogênicos que colocam em risco a saúde dos banhistas.

Litoral

São 49 pontos de toda a orla monitorados pelo IAP: 13 em Guaratuba, 14 em Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, seis na Ilha do Mel, três em Morretes e dois em Antonina. Vale alertar os veranistas que, além dos 49 locais monitorados semanalmente no Litoral, o boletim mostra dez rios, canais e galerias considerados permanentemente impróprios para banho, independentemente da época do ano. No boletim eles estão destacados em letras maiúsculas.

Interior                        

No Interior são monitorados pontos de prainhas e rios nas cidades de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Itaipulândia, Missal, Santa Helena, Entre Rios do Oeste, Marechal Cândido Rondon e Primeiro de Maio.

Colaboração AEN

Marcos Rogério/Litoral Notícias