30/05/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



O Centro Estadual de Vigilância Sanitária, órgão da Secretaria de Estado da Saúde, alerta os municípios para que intensifiquem a fiscalização dos alimentos que chegam aos pontos comerciais.

A medida é para assegurar que os produtos que ficaram retidos nas estradas, devido à greve dos caminhoneiros, cheguem ao destino final em boas condições para consumo.

Dependendo do tipo de produto, a demora pode comprometer a qualidade, tornando os alimentos inadequados para consumo.

O diretor do Centro Estadual de Vigilância Sanitária, Paulo Costa Santana, afirmou que é preciso ter atenção redobrada e saber como agir em casos de irregularidades.

Entre as medidas necessárias para garantir a qualidade dos produtos está a verificação da data de validade, integridade das embalagens e da temperatura de conservação dos alimentos perecíveis, indicados no rótulo dos produtos pelo fabricante.

Os veículos transportadores de alimentos também devem apresentar Licença Sanitária e estar adequados para a manutenção sanitária e de higiene dos alimentos.

Para realizar denúncias junto a Vigilância Sanitária Estadual, o telefone é o 0800 644 4414.

 

Agência de Notícias do Paraná

Marcos Rogério/Litoral Notícias