23/01/2019 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Informação de que animais estariam contaminados com febre amarela não foi confirmada Na tarde desta terça-feira, 22, a Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), com biólogos e médicos veterinários, foi acionada para apurar a causa da morte de quatro macacos bugios em uma área de floresta de Antonina.

A informação foi repassada pela Força Verde da Polícia Militar do Paraná (PMPR) que está realizando a escolta da equipe do Estado até o local da ocorrência que é no Morro do Queimado.

O objetivo é confirmar se os animais foram ou não infectados com o vírus da febre amarela, conforme está sendo divulgado nas redes sociais.

Segundo a Vigilância Sanitária Municipal de Antonina, a única informação oficial é de que o Estado está indo a campo para apurar o caso.

A confirmação em torno de ser ou não febre amarela, com biópsia e exame de sangue, sairá somente após os testes que serão realizados pelos técnicos da Vigilância Sanitária do Estado.

A Sesa ainda não se posicionou sobre o caso

 

Marcos Rogério/Litoral Notícias