28/06/2018 | Litoral Sul FM | Sem Comentários



Uma mulher que ficou conhecida como “Viúva Negra de Praia de Leste” foi condenada a 18 anos de prisão em regime fechado pela morte do marido. O caso foi julgado pelo Tribunal do Júri de Pontal do Paraná, nesta terça-feira (26).

De acordo com a denúncia da Promotoria de Justiça de Pontal do Paraná, no Litoral do estado, a mulher mandou matar o companheiro m 23 de janeiro de 2003. Ela confessou a participação no assassinato do homem. Ele foi encontrado carbonizado dentro do carro nas margens do Rio Guaraguaçu, na divisa de Paranaguá com Pontal do Paraná.

Os jurados entenderam que a ré foi a mandante do homicídio, praticado mediante emboscada (a vítima foi atraída pela acusada para local ermo em que dois comparsas o aguardavam para cometer o crime) e com uso de meio cruel (por terem colocado fogo no carro com a vítima dentro).

A ré não compareceu à sessão de julgamento e teve a prisão preventiva decretada.

 

 

Com informações do MPPR

Marcos Rogério/Litoral Notícias